sexta-feira, 23 de novembro de 2012

My Super Power. ^^



Amamentação é uma coisa bem intrigante.
Bem.. assim.. Eu, euzinha aqui, desde que soube que estava grávida, corri atrás de saber tuuuuuuudo sobre o desenvolvimento do bebê, sobre o que seria melhor pra ele, e claro, sobre amamentação.
Amamentação, é, em primeiro lugar um ato de amor. E é um ato natural... você, mãe, produz o alimento mais completo e perfeito pro seu filho... Um processo fisiologico totalmente natural, autosuficiente, perfeito.
É intrigante... basta que ele sugue seu seio pra que seu corpo produza esse tesouro divino e se faça a alimentação/nutrição do seu filhote!
Mas é um ato de puro amor... é porque no início, mães desajeitadas que somos, nem sempre tudo é um mar de rosas... dói, o bico pode não ser suficientemente grande (meu caso), o bico pode rachar por vc não ter tanta prática de como pôr seu bebê pra sugar do jeitinho certo... enfim... Mas a força de vontade, e o querer que ele mame... vence.
Meu bico é pequeno. Dimitri só mamou de verdade no 3º dia de vida dele...dei o peito várias vezes antes disso mas ele não estava sugando de verdade... aí, qdo compramos o bendito bico de silicone, o menino sugou até minha alma e eu fui na lua de dor! hauahuahuahuahuaa... bichinho... esfomeado!!!
Daí meu leite desceu de uma vez. E foi mais dor. Pedrou. Lá vou eu chorando pros braços da minha irmã enfermeira, e pro marido ir tirando o excesso de leite com a bombinha... só melhorava qdo Dimi mamava, mas aí doia o bico que tava ferido.. pense.. Mas essa fase trash do leite pedrado só foram 2 dias... (amém!) Demorou mesmo foi o negócio das fissuras nos bicos... +__+
Mas nada, nada, nadaaaaaaaaaaaaaaa disso superava a minha vontade de sentir ele se alimentando de mim. È como se eu tivesse dando amor em forma líquida, nutrindo meu filho, dando a ele uma poção mágica de Deus.. rsrsrs... é muito mágico mesmo. ^^
Nos primeiros dias eu andava em casa parecendo uma vaca louca, com os seios de fora, cheios de pomada, e na hora das mamadas tirava a pomada, colocava o bico e dava tudo pro Dimi.. (por isso não visitem as mães nos primeiros dias.. kkkkkkkkkkkkk... a não ser que vc tenha muita intimidade!!)... E nem me importava de estar parecendo uma vaca-macaca! hauhauahuahua...
Depois o seio foi ficando resistente, não precisei mais das pomadas, Dimi já tinha seu jeitinho próprio de mamar, eu já sabia qual seio enchia mais, o esquema de dar um depois o outro, do leite do ínicio e do leite no fim.. super entendida!

Mas o que eu acho que fez tudo dar certo foi a vontade. A minha vontade absurda de conseguir amamentar.
Tudo bem que de fato tenho leite. Dimitri amamentou exclusivamente até seus 6 meses (Aleitamento Materno Exclusivo - AME), e só depois disso introduzi outro alimento. E hj, com quase 7, o leite materno ainda é o principal alimento dele. Mas eu amo amamentar, amo o fato de ser mãe, e curto muito isso. Dimitri veio, e msm com todo trabalhão, a maternidade me fez e faz mais feliz... sonho realizado. ^^ E acho que isso tudo contribuiu... eu querer muito amamentar, eu querer muito ser mãe... um boa mãe... a melhor que eu posso ser... o melhor de mim pro meu filhinho. ;)
Não importa que o peito caia, que tenha momentos em que um está imenso e o outro murcho rsrsrrs, que eu me sinta uma vaca de verdade qdo estou ordenhando com a bomba elétrica... é mágico e ponto final.

"I make milk, what's your super power?"

Responde aí? Quero ver... hauhauhauhaua^^
;D



quarta-feira, 14 de novembro de 2012

6 meses...

Dimi acaba de fazer 6 meses. É o fim da minha licença maternidade e o início daquela sensação de desespero que eu sabia que um dia chegaria... a hora de voltar a rotina longe do meu filhote.
Esse último mês são minhas férias que escolhi emendar com a licença pra ficar o máximo possível com Dimitri.
Gente... os dias que fui à faculdade ver as aulas loucas do fim desse período de greve, que não levei ele comigo,sempre me deixavam, no mínimo estranha. É, LITERALMENTE, um pedaço de mim que fica.

6 meses de vida, 6 meses integralmente dedicados a ele... a vida mudou... como vai ser sair disso, passar o dia inteiro longe?
E o medo da avó não dar conta, da pessoa que for ajudar na casa de mainha não for de confiança, medo dele sofrer por passar o dia longe de mim... eu, eu sei que vou sofrer, e muito... já está doendo qdo penso. Mas milhares de mães passaram por isso e estão aí, então eu vou conseguir.

Cada semana que passamos juntos, cada novidade, cada dia, noite, hora, minuto... a baby acne, a primeira colica, as fissuras das primeiras semanas amamentando, as horas escassas de sono, o primeiro corte de unhas, a primeira reação de vacina, as primeiras vezes em que eu realmente vi que vc sabia msm quem eu era... como hj, que vc já tá quase craque engatinhando, e por isso já me dá sustos ^^, já sorri consciente, já mostra o quanto é danadinho kkkkk, já abre seus bracinhos pedindo pra vir pros meus... seu abraço tão gostoso é algo que posso sentir bem qdo fecho meus olhos... eu vou estar sempre nesses pensamentos enqto estiver longe.. inevitavelmente.
São tantos detalhes inesquecíveis...
Meu banquinho, mamãe te ama tanto...
Seu sorriso e seu olhar lindos são TUDO de mais lindo e perfeito pra mim. Deus me abençoou demais me dando vc.
Ow Meu Pai... vai ser difícil... mas me dá força, e principalmente, não deixa que ele sinta ou sofra nada...
Só continue crescendo, brincando, sorrindo, aprendendo... feliz e cheio de saúde!

Só quem é mãe sabe o que to sentindo nesses últimos dias exclusivos dele...

:,(